Fale via texto agora

A individualização da conta água no condomínio, é possível?

Infelizmente, por incrível que possa parecer, mesmo sendo a água um bem essencial à vida, ainda hoje, não há no Brasil uma legislação Federal sobre o assunto, apenas alguns Estados disciplinam a matéria e obrigam que os empreendimentos novos tenham medidores de água individuais e em outros é necessária apenas que exista a estrutura para instalação futura, se for de interesse dos Condôminos.

Assim, quando estivermos diante de uma faculdade, antes de aprovar a individualização dos medidores é importante que o Condomínio, em prevendo a existência de interesse dos condôminos, solicite um estudo técnico e orçamentários sobre o assunto, pois nos empreendimentos mais novos é provável que os procedimentos sejam mais fáceis e menos custosos do que em empreendimentos mais antigos. E, com lastro nos estudos, o assunto deve ser debatido entre os condôminos.

A grande vantagem da instalação é a redução da taxa condominial, pois como, em alguns casos, o valor da conta de água pode refletir em algo em torno de 15 a 20% dos custos mensais para mantença dos Condomínios qualquer redução é sempre bem vista. E há Condomínios que conseguem auferir redução de até 35%, ou mais, na conta de água, refletindo em uma economia de verba que pode culminar com a redução na taxa condominial e/ou melhoria de outros serviços, benfeitorias ou outra situação a ser aprovada em cada comunidade.

Porém, caso o Condomínio decida por realizar os procedimentos para individualização dos hidrômetros, deverá requerer aprovação em Assembléia e será necessário o quórum da maioria dos condôminos (art. 1341, II CC/02), pois tal alteração é considerada obra útil, com previsão o art. 96, §2º do CC/02.

Após a aprovação o Condomínio deverá discutir sobre a forma que será instalado o serviço, no caso de São Paulo a SABESP (veja aqui)  após o cadastramento do interessado presta maiores informações. Há também possibilidade de instalação de sistemas de leituras por outras empresas do ramo, mas sem vínculo com a concessionária de serviço, e as medições são realizadas pelos funcionários destas empresas ou do próprio condomínio, mas as contas são emitidas pela administradora e não pela concessionária.

Assim, é importante que o interessado pesquise sobre o assunto, pois além de analisar o custo x benefício da instalação, deve levar em consideração como cada sistema funciona para o caso de inadimplência.

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn

Artigos relacionados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Search in posts
Search in pages
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn

Assine Nossa Newsletter

Atenção Clientes

Papo Legal

Dúvidas e dicas jurídicas em podcast.
plugins premium WordPress
Envie sua dúvida
1
Tudo bem?
Olá. Tudo bem?