Advogado Alexandre Berthe

Como obter o NIVOLUMAB (OPDIVO®) para tratamento contra o câncer?

Lamentavelmente, ainda hoje, quando pessoas são diagnosticadas com câncer, o paciente e seus familiares precisam conviver com angustia que vai além da própria doença.

Isso porque, as chances do enfermo vencer a doença e/ou do aumento na expectativa de sobrevida com qualidade está diretamente ligada ao diagnostico precoce e ao uso do tratamento indicado, radioterapia, intervenção cirúrgica, medicamento etc., sendo certo que o acesso a tais ferramentas possuem um custo elevado e o fato do consumidor possuir plano de saúde não significa que poderá usufruir de tais ferramentas.

Assim, atualmente, além de outras recusas, salvo raríssimas exceções, vários pacientes diagnosticados com câncer recebem do profissional que lhe assiste a indicação para fazer uso do medicamento denominado NIVOLUMAB (OPDIVO®), cuja eficiência, segundo a literatura médica, é extremamente benéfica.

Porém, por ser um medicamento importado, de custo extremamente elevado, não contido no Rol da ANS e cuja regulamentação na ANVISA pende de finalização, salvo raríssimas exceções, a maioria dos planos de saúde recusa fornecer a medicação, pois, em alguns casos, alega que o medicamento é ministrado no domicílio e/ou experimental, portanto não teria a obrigação contratual de fornecer ao consumidor.

No entanto, o poder judiciário, como ocorre em outros casos envolvendo plano de saúde, considera que tais argumentos não são válidos para legalizar a negativa, pois o plano de saúde deve respeitar o tratamento indicado pelo médico assistente, consequentemente, vários consumidores estão conseguindo ter acesso ao tratamento indicado por intermédio de ações judiciais, cujo medicamento é fornecido liminarmente, e/ou são beneficiados por sentenças judiciais determinando que o plano de saúde reembolse os gastos realizados em recorrência do uso da NIVOLUMAB (OPDIVO®), existindo decisões que também obrigam o plano de saúde a indenizar moralmente o paciente.

Vale destacar, também, que em algumas oportunidades até mesmo o SUS é condenado em fornecer o medicamento o enfermo.

Portanto, é importante que o paciente e seus familiares tenham ciência de que a recusa inicial no fornecimento NIVOLUMAB (OPDIVO®) não deve ser vista com desespero, pois há histórico de decisões judiciais favoráveis aos consumidores.

Artigos Relacionados:
Plano de saúde deve cobrir tratamento de Radioembolização com Yttrium-90?

Infelizmente, é conhecimento dos consumidores de que o simples fato de serem possuidores de plano de saúde particular não é Read more

Condomínio pode utilizar minha vaga na garagem?

Condomínio pode usar vaga de condômino ?

Condomínio é responsável por danos nos veículos?

Danos em veículos, um grande problema condominial.

1 Comentário

  • Alexsandro Pardo precisa deste medicamento.. ele tá correndo contra o tempo lutando pela vida.. pelo o amor de Deus nos consiga este medicamento. Ele tem um melanoma metastático grau IV, ele tá se tratando no hospital Barretos e o seu oncologista passou esta medicação nivolumab não temos recursos para comprar. Por favor me ajude. Meu nome é Karla moro no Brasil na cidade João pessoa meu fone é 55 83 9982 5171. Me ajudem Deus irá lhe ajudar em dobro

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Iniciar atendimento
1
Podemos Ajudar?
Olá. Dúvida via Site ABP > Envie um breve resumo da sua dúvida ou motivo do contato e aguarde nosso retorno.