Fale via texto agora

O atraso contumaz no pagamento da taxa condominial pode ser considerado como conduta antissocial?

Como exposto em outra oportunidade, avaliar o que é uma conduta antissocial passível de punição em algumas oportunidades pode necessitar até de uma discussão em assembléia. Porém, algumas pessoas questionam se o atraso contumaz no pagamento da taxa condominial pode ser caracterizado como uma conduta antissocial, e, respeitando entendimentos em contrários acredito que não.

O convencimento é lastreado na assertiva de que o não pagamento da taxa condominial, ainda que possa ser prejudicial ao fluxo de caixa momentâneo do condomínio, é uma situação que pode (e deve) ser tratada sob o âmbito da ação judicial, até porque tal ação pode culminar com o leilão do próprio bem para ressarcir o caixa do condomínio, ou seja, o dano patrimonial momentâneo é ressarcido em sua totalidade ao final da ação cabível.

Não obstante, vivemos em um país com economia inconstante, o custo de vida é elevado e percalços como algum problema de saúde pode desestabilizar sobremaneira a vida financeira de qualquer família. Assim, considerar como conduta antissocial a inadimplência é uma atitude extremamente lesiva e viola alguns princípios constitucionais, podendo ser interpretado inclusive como uma forma de colocar o devedor em uma situação vexatória, vez que estará atrelando sua dificuldade financeira como um ato antissocial.

Portanto, ainda que caiba a cada nicho condominial nortear suas decisões, é extremamente arriscado aplicar ao devedor de taxa condominial as sanções como se infrator das regras sociais fosse. E, se isso vier a ocorrer, o devedor terá amplas possibilidades de discutir a multa judicialmente e até mesmo pleitear indenizações por danos morais.

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn

Artigos relacionados

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Search in posts
Search in pages
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn

Assine Nossa Newsletter

Atenção Clientes

Papo Legal

Dúvidas e dicas jurídicas em podcast.
plugins premium WordPress
Envie sua dúvida
1
Tudo bem?
Olá. Tudo bem?