ACORDO PLANOS ECONÔMICOS – INFORMAÇÕES IMPORTANTES – 12.12.17

ACORDO PLANOS ECONÔMICOS – INFORMAÇÕES IMPORTANTES – 12.12.17

ACORDO PLANOS ECONÔMICOS – INFORMAÇÕES IMPORTANTES – 12.12.17

Informações relevantes aos clientes, Acordo Plano Econômico.

Prezados clientes.

Considerando a importância do assunto, e as últimas informações sobre a efetivação do acordo dos planos econômicos, que pende apenas de homologação por parte do STF, e as dúvidas sobre o assunto, reiteramos nossas manifestações anteriores (veja aqui) e ressaltamos que:

1- Somente após a homologação do acordo, e o total conhecimento de seus termos, é que existirá posicionamento técnico sobre o assunto.

2- A simulação individual dos cálculos foram, e continuarão, suspensas até que seja divulgada definitivamente a metodologia para apuração do saldo credor de quem aderir ao acordo.

3- Existirá tempo suficiente para que todos os poupadores individuais possam manifestar interesse em aderir ao acordo, portanto, reiteramos o aconselhamento aos nossos clientes para que não realizem nenhum procedimento sem o nosso conhecimento, sob pena de prejuízo financeiro elevado.

4- Vários processos individuais foram encaminhados ao arquivo do Poder Judiciário, portanto, todos os prazos para pagamento que estão sendo divulgados não devem ser considerados como taxativos ou exatos, pois, em várias situações o pagamento deverá ser precedido de procedimentos burocráticos para legitimar o poupador.

5- Os extratos de vários poupadores estão anexados somente nos processos judiciais, portanto, será natural que, até que o processo seja desarquivado e retorne ao cartório judicial, o poupador fique sem informação sobre o seu saldo base, mas isso não refletirá em nenhum prejuízo.

6- É importante que os poupadores compreendam que, desde a suspensão dos processos por parte do STF, alterações nos sistemas de acompanhamento dos fóruns ocorreram, com destaque à implantação de numeração única do processo por parte do CNJ, como consequência, vários processos distribuídos não são localizados facilmente, sendo normal que venha existir um refinamento da pesquisa junto aos Tribunais, situação que não reflete em prejuízo algum para o poupador.

7- É inegável o desejo dos poupadores em querer saber o valor que terá para receber, quando irá receber, a forma de pagamento e outras situação, porém, não há como prever quando as informações estarão disponíveis para todos os poupadores, portanto, é fundamental que aguardem os próximos meses.

8- Já recebemos informações de clientes que relatam o recebimento de ligações de pessoas querendo intermediar as negociações do acordo, alegando que conseguirão o recebimento de valores mais rapidamente, sem o parcelamento e outras situações, portanto, para evitar que o poupador venha a sofrer qualquer tipo de golpe, orientamos que:

  1. Não preencha qualquer formulário eletrônico relacionado ao acordo;
  2. Não assine nenhum documento com qualquer banco mencionando o acordo;
  3. Para realização do acordo, nenhum valor deverá ser pago antecipadamente pelo poupador;
  4. Toda dúvida deve ser sanada com o profissional contratado.

9- Reiteremos que para facilitar a comunicação com os clientes, foi reativado o endereço eletrônico www.www.planoverao.com.br

Grato pela compreensão.

Alexandre Berthe Pinto

 

Artigos Relacionados

Advogado, Inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil Secção de São Paulo; Membro da Comissão de Direito Condominial da OAB-SP; Membro da Associação dos Advogados de São Paulo; Cursou Pós Graduação em Direito das Famílias e das Sucessões (EPD), É Pós Graduando em Direito Aplicado aos Serviços de Saúde; Ao navegar Fone 11 5093-2572 - Skype alexandre.berthe - WhatsApp 55 11 94335-8334 - E-mail alexandre@alexandreberthe.com.br - www.alexandreberthe.com.br e é participantes de sites como www.pensaodealimentos.com.br - www.problemasnocondominio.com - www.fraudebancaria.com.br e outros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

footer-center